Header Ads

Chuvas de março no Ceará estão 9% abaixo da média histórica, diz Funceme



As chuvas no mês de março estão 9% abaixo da média histórica, segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Até segunda-feira (25), de acordo com a meteorologista Meiry Sakamoto, choveu 185 milímetros quando a média histórica é de 203,4 milímetros.

“Março até agora choveu 185 milímetros quando a média esperada é 203 milímetros. Faltam alguns dias para terminar o mês de março e talvez a gente consiga alcançar a média do período”, disse Sakamoto.

Previsão para a semana

A previsão da Funceme para esta terça-feira (26) e para a semana é de chuvas em todo o Estado. Principalmente na Região Metropolitana de Fortaleza, Região do Cariri e no Maciço de Baturité.

“Para o restante da semana, pelo menos para os próximos dias, manteremos condições favoráveis para chuva. Possibilidades de chuva para o Ceará como um todo. A nebulosidade vai reduzir, então, nós vamos ter aí sol presente e algum momento com nuvens e algum momento inclusive com chuva, mas de forma isolada”.

Diminuição das chuvas em abril e reservatórios

Segundo Meiry Sakamoto, as precipitações tendem a diminuir em abril, mas a tendência é que continue chovendo, porém, de forma menos intensa. A meteorologista reforça também a necessidade de mais chuvas principalmente no Sul do Estado, na Região do Cariri, Bacia do Salgado e Alto do Jaguaribe.

“A tendência é essa que haja redução das chuvas a partir de abril. Não significa que não vai chover. Vão continuar ocorrendo eventos de chuvas sim, mas talvez o volume acumulado do período seja um pouco menor”.

“Estamos precisando de chuva. Os nossos reservatórios, os principais ainda estão em situação bastante crítica do ponto de vista de volume de água e como não está chovendo muito no Sul do Estado na Região do Cariri, Bacia do Salgado, Alto do Jaguaribe, está prejudicando o aporte de água tanto no Orós como no Castanhão”, finalizou.













Fonte: G1

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.