Header Ads

Sem convencer, Ceará arrasta vitória sobre Altos pelo Nordestão



Com partida amarrada e com poucas chances, o Ceará venceu a equipe do Altos no complemento da terceira rodada do Nordestão. Vindo de um outro jogo no qual a equipe alvinegra não demonstrou grande futebol e mesmo assim saiu vitoriosa, o Ceará cumpriu, ao menos, o papel de casa, terminando em 2×1 e reconquistando a liderança do grupo. 

Depois de mais de 20 minutos de jogo, nenhum dos dois times conseguiu assustar o goleiro adversário – a quantidade de passes errados foi a principal motivação. Foi apenas aos 23 minutos que o lateral Felipe Jonatan conseguiu encontrar espaço, mas, na hora do chute, acabou pegando errado na bola e ela passou na frente da meta defendida por Andrade.

Aos 33, a chegada do Alvinegro ocorreu do lado direito quando Valdo – isso mesmo, o zagueiro – cruzou para a entrada de Felipe Baxola. O meia tocou na bola, mas não com força o suficiente para fazer a bola ir na direção do gol do Altos. 

Sem grandes chances para os dois lados, no final da primeira parte do embate, Felipe Baxola conduziu a bola na frente da grande área do Altos e rolou para Samuel Xavier que acertou um belo chute – sem chances para o goleirão Andrade.
Segundo tempo mais animado

A segunda etapa foi um pouco mais animada que a primeira. Já ao três minutos, o Vozão já elaborou seu primeiro lance ofensivo – Felipe Jonatan tenta cruzamento e o zagueiro Leone faz o corte de maneira providencial. Mas, quem chegou a assustar mesmo foi o Jacaré. Depois de Eduardo Brock e Valdo baterem cabeça, Raphael Freitas só não marcou graças a uma saída providencial do goleiro Richard. 

A equipe visitante começava a se animar. Aos 37 minutos, Tiaguinho bateu forte para a defesa parcial de Richard e, no rebote, o volante Netinho empurrou para a meta cearense. 

O Vozão não deu tempo para a equipe adversária tentar a virada. Na saída de jogo, Felipe Baxola acertou um chutaço de fora da área, encobrindo Andrade e recolocando o alvinegro novamente em vantagem no marcador.

Não deu mais tempo para nada. Mesmo com time lento e sem demonstrar grandes jogadas, o Ceará invicto na competição. Diante do que foi mostrado até aqui uma coisa é certa: o técnico Lisca vai ter dificuldades em colocar jogadores protagonistas em seus antigos clubes, como protagonistas de uma única equipe.













Fonte: Ceará Agora

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.