Header Ads

Clássico-Rei dá um passo importante para a paz nos estádios



Mesmo com a rivalidade, a paz entre torcidas adversárias deve prevalecer. Um ótimo jeito para incentivar essa relação – e não ficar apenas no discurso – é levar a prática às arquibancadas. Ceará e Fortaleza não poupam esforços para incentivar a rivalidade saudável entre as duas maiores torcidas do Estado. Com esse sentimento, para o primeiro Clássico-Rei do ano, os clubes tentam criar um setor de torcida mista na Arena Castelão, onde ocorre, no dia 10 de março, o embate que tricolores e alvinegros poderão assistir lado a lado.

Com a iniciativa, que já acontece em alguns estados brasileiros e no futebol estrangeiro com frequência, alguns torcedores, mais pessimistas, podem ficar receosos sobre a violência que, infelizmente, marcou muitos momentos envolvendo as duas torcidas. Porém, um plano logístico para oferecer uma boa estrutura de segurança está sendo montado e, se tudo ocorrer bem – como esperamos – este será o primeiro de muitos Clássicos-Rei nesses moldes.

A iniciativa é inédita e reforça a boa relação existente entre as diretorias. O jogo deve, assim, ser um marco na história do futebol cearense e do clássico centenário, além de importante para a definição do Campeonato Cearense, pelo qual a partida é válida, já que o Fortaleza lidera, com seis pontos, e o Ceará é o segundo colocado, com 3 – e um jogo a menos. A segunda rodada ainda será finalizada com Floresta x Barbalha (12/02) e Ceará x Horizonte (13).













Fonte: Ceará Agora

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.