Header Ads

Ano letivo na rede estadual começa nesta segunda



O ano letivo na rede pública estadual terá início nesta segunda-feira, dia 4. O retorno às atividades acontece na maioria das escolas da Capital e do Interior. O calendário escolar é composto de 200 dias letivos, conforme a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), e seguirá até final de dezembro nas 724 escolas estaduais com uma matrícula preliminar de cerca de 400 mil alunos.

A secretária da Educação, Eliana Estrela, dará continuidade às ações que vêm contribuindo para os constantes avanços na educação pública de todos os cearenses. “Vamos intensificar a colaboração com os municípios, ampliar o tempo integral e fortalecer o protagonismo estudantil”.

Sobre as ações:

Mais Paic – Programa Aprendizagem na Idade Certa. A medida ampliou o trabalho de cooperação já existente com os 184 municípios, que, além da Educação Infantil e do 1º ao 5º ano, passou a atender também do 6º ao 9º ano nas escolas públicas cearenses com formação continuada aos professores, apoio à gestão escolar e material estruturado, entre outros aspectos.

Na área da Colaboração com os Municípios, foram conquistados importantes resultados: 88,2% das crianças encontram-se alfabetizadas ao término do 2º ano do ensino fundamental. Em 2007, esse percentual era de apenas 39,9%.

Tempo Integral – O Ceará passará a contar em 2019 com 252 escolas, sendo 122 Escolas Estaduais de Educação Profissional e 130 Escolas de Ensino Médio Regular em Tempo Integral.

A rede pública estadual de ensino do Ceará também apresentou redução histórica do abandono escolar em uma década. A taxa em 2007 alcançou os 16,4%, baixando para 6,6% em 2017.

Competências Socioemocionais – O objetivo é desenvolver habilidades como convívio, autoestima e pensamento crítico. Entre as iniciativas que compõem o conjunto de ações desta política, destacam-se o Núcleo de Trabalho, Pesquisa e Práticas Sociais (NTPPS) e o Projeto Professor Diretor de Turma (PPDT).















COM SEDUC

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.