Header Ads

Reflexos negativos dos cortes do Bolsa Família impactam Economia, Saúde, Educação e Segurança Pública



Entre dezembro de 2018 e janeiro de 2019, o Governo Federal cortou mais de 20 mil pagamentos do Bolsa Família no Ceará. Essa foi a maior redução desde abril do ano passado. Hoje pouco mais de 1 milhão famílias recebem o benefício nos 184 municípios do Estado.

Atualmente, o valor médio destinado às famílias no Estado é de R$ 187.

Os reflexos negativos dos cortes, tendem a aumentar – impactando áreas como Economia, Saúde, Educação e até Segurança Pública. De acordo com estudo inédito realizado em todos os municípios brasileiros pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), as taxas de homicídio e de hospitalizações por agressões tendem a diminuir em locais onde a cobertura do programa é ampla e contínua.

No Ceará, a redução nas taxas foi de até 35% entre os municípios com 70% ou mais da população recebendo o auxílio, entre 2004 e 2012.















Fonte: Ceará Agora

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.