Header Ads

Polícia desvenda esquema milionário de lavagem de dinheiro que movimentou mais de R$ 23 milhões



A Policia Civil desarticulou uma quadrilha que trabalhava com um esquema de lavagem de dinheiro, agiotagem e sonegação fiscal que movimentou mais de R$ 23 milhões no Ceará. As prisões foram realizadas na última sexta-feira, mas só foram divulgadas nesta quarta-feira.

De acordo com a polícia, o responsável por comandar a quadrilha é Antônio Fábio da Silva Araújo, de 41 anos. Conhecido como “Bim Araújo”, que é secretário de articulação política na Prefeitura de Pacatuba. Segundo a polícia, a função de Bim na prefeitura facilitava as ações criminosas do grupo. A polícia acredita que a quadrilha tenha cerca de 80 imóveis.

As investigações iniciaram há seis meses. De 2008 a 2016 a evolução patrimonial de Bim chegou a dois mil por cento, de acordo com o delegado Alisson Gomes. A operação intitulada “Proprietarius” terminou com a apreensão de 51 imóveis e 52 veículos, incluindo dois automóveis de luxo. Ainda segundo a polícia, cinco contas bancárias foram bloqueadas.

A quadrilha criou três empresas para reformar, cobrar e administrar os imóveis. A Polícia reforça que nenhum imóvel está no nome de Bim. A Prefeitura não se pronunciou sobre o caso.











COM SSPDS

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.