Header Ads

40 cidades cearenses em alerta contra o Aedes aegypti



Quarenta cidades cearenses estão em situação de alerta ou com risco de surto de dengue, zika e chikungunya. Fortaleza apresenta índices considerados satisfatórios. O levantamento foi divulgado pelo Ministério da Saúde nessa quarta-feira, 12. 

Canindé, Chorozinho e Viçosa do Ceará foram as cidades cearenses que apresentaram maior risco de surto das infecções. A capital cearense e mais 8 capitais apresentam situação considerada satisfatória, segundo o Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa). 
Criadouros

No Nordeste, o armazenamento de água no nível do solo (doméstico), como tonel, barril e tina, foi o principal criadouro (locais de foco da doença) identificado. 

No Ceará 860 criadouros estão em depósitos de água, 290 em depósitos domiciliares e 37 em lixos.
No Ceará

Até o último levantamento, em novembro, o estado havia confirmado 3.287 casos de dengue, sendo 25 graves e 11 óbitos. Em relação aos casos de chinkungunya, foram 1.320, com um óbito. Já de zika vírus, houve 33 casos confirmados; destes, quatro em gestantes
Brasil

504 municípios brasileiros registram alto índice de infestação pelo Aedes Aegypti e correm risco de surto para doenças transmitidas pelo mosquito.

Das 5.358 cidades que realizam algum tipo de monitoramento do mosquito, 1.881 estão em situação de alerta e 2.628 estão em situação satisfatória. 27 capitais apresentam risco de surto não apenas de dengue, mas também de zika e chikungunya.

O correspondente do Jornal Alerta Geral, Diassis Lira, informa quais os municípios em alerta:

Os 37 municípios cearenses em alerta
Acarape
Acopiara
Alto Santo
Aracoiaba
Araripe
Assaré
Baturité
Boa Viagem
Campos Sales
Cariré
Caririaçu
Caucaia
Coreaú
Farias Brito
Horizonte
Ibicuitinga
Ipu
Itaitinga
Itapagé
Itapipoca
Itatira
Jaguaretama
Maranguape
Milhã
Mucambo
Nova Olinda
Pacatuba
Palmácia
Parambu
Quixadá
Quixeramobim
São Luís do Curu
Senador Pompeu
Senadro Sá
Tejuçuoca
Umari
Uruburetama













Fonte: Ceará Agora

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.