Header Ads

Rivais diretos tropeçam, Fortaleza vence Atlético-GO em Goiânia e volta a Série A depois de 12 anos


No ano de seu centenário, o Fortaleza garantiu o acesso de volta à Série A após 12 temporadas longe da elite do futebol brasileiro. Neste sábado, 3, o time comandado por Rogério Ceni venceu o Atlético-GO por 2 a 1, em Goiânia, e sacramentou sua classificação com quatro rodadas de antecedência. A campanha é impressionante. O Fortaleza está na liderança há 33 rodadas e nunca esteve fora do G-4. Lembrando que, até o ano passado, o Fortaleza estava na Série C – foram oito temporadas seguidas na Terceira Divisão. Mas, na B, o time cearense passou como um foguete. A torcida do leão, certamente, está comemorando tanto no Interior quanto na Região Metropolitana de Fortaleza!

Gustavo abriu o placar aos 14 minutos, após boa assistência de Marcinho. Foi o 12º gol de Gustavo, o Gustagol, na Série B (o artilheiro é Lucão, do Goiás, com 16). O segundo gol foi marcado por Bruno Melo, de cabeça, aos 25 minutos da etapa inicial. João Paulo descontou para o Atlético-GO nos acréscimos.

O Fortaleza agora vai atrás do título da Série B. E ele já pode vir na próxima rodada, com uma combinação de resultados: o Fortaleza precisa vencer o vice-líder CSA no Castelão, na próxima terça-feira, às 21h30 (de Brasília), e o Avaí não pode ganhar do Atlético-GO, em Goiânia, às 19h15 (de Brasília). Com isso, o Fortaleza iria a 67 pontos e não poderia mais ser alcançado por CSA e Avaí, seus perseguidores mais próximos. Depois do CSA, o Fortaleza ainda joga contra o próprio Avaí (fora), Juventude (casa) e Coritiba (fora). Com a derrota, o Atlético-GO caiu para sétimo, com 51 pontos, três a menos do que o rival Goiás, último time dentro do G-4. Seus últimos jogos serão contra Avaí (em casa), CSA (fora), São Bento (casa) e Paysandu (fora).

O jogo

Enquanto o Atlético-GO parecia nervoso, o Fortaleza jogava com uma segurança impressionante. Antes dos 15 minutos já vencia por 1 a 0, gol de Gustavo, e ia empilhando chance, principalmente nos contra-ataques. O Dragão partiu para o abafa e levou o segundo gol aos 25, em lance de bola parada, com Bruno Melo. O Fortaleza ainda meteu uma na trave, com Gustagol, aos 30. Foi um passeio do time de Rogério Ceni em Goiânia.

O Atlético-GO melhorou em campo, e Marcelo Boeck apareceu com pelo menos cinco boas defesas. É isso mesmo: foram cinco defesas difíceis do goleirão do Fortaleza, que nem estava 100% fisicamente, por conta de uma lesão muscular. O Dragão ainda reclamou a não marcação de um pênalti aos 25, em cruzamento de Derley que teria supostamente batido na mão de Fernandes – o árbitro Jean Pierre nada marcou. No final, João Paulo fez o gol de honra do Atlético-GO, em jogada individual.

Ceni volta a Série A

O acesso do Fortaleza confirma o sucesso de Rogério Ceni como técnico. Depois de uma experiência frustrante no São Paulo (demitido após seis meses), Ceni, contratado em janeiro pelo Fortaleza, consegue um resultado impressionante, levando o time cearense de volta à elite nacional com quatro rodadas de antecedência.

Futebol cearense em alta

Após o Ferroviário ser campeão da Série D, o Fortaleza está muito próximo de levantar também o caneco da Série B. Já o Ceará vem demonstrando um grande desempenho dentro de campo e, com 37 pontos, está bem perto de confirmar a permanência na Série A. Com isso, Ceará e Fortaleza vão se encontrar na elite do futebol brasileiro, feito que não acontece desde os anos 90!















Com informações Globo Esporte

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.