Header Ads

Oito são presos com R$ 10 mil por suspeita de crime eleitoral no Ceará




Um grupo de oito pessoas suspeitas de crime eleitoral foi detida na madrugada deste domingo (7), no Bairro Bonsucesso, em Fortaleza, durante patrulhamento do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque).

Elas estavam em posse de mais de R$10 mil, e a polícia investiga se eles iriam usar o dinheiro para a compra de votos.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), os profissionais de segurança avistaram três veículos e um grupo de pessoas desembarcadas quando passavam pela Rua Maria Quitéria.

Após busca nos indivíduos e nos automóveis, foram encontrados materiais de campanha, cheques e o montante em espécie. O grupo foi encaminhado para a sede da Polícia Federal (PF), para a adoção das medidas cabíveis.

Pelo menos 15 pessoas foram conduzidas para a Polícia Federal neste domingo (7) suspeitas de crimes eleitorais no Ceará. A Polícia Militar deteve 14 pessoas em Fortaleza e Região Metropolitana e um homem em Juazeiro do Norte suspeitos de crimes de boca de urna ou compra de votos.

No total, foram dez ocorrências diferentes. Em uma delas, dois homens foram presos no Bairro Conjunto Jereissati II, em Pacatuba. Dentro do carro do presidente do PSB em Pacatuba, Aldemir Cavalcante de Moraes, segundo a Polícia Militar, havia vasto material de campanha.

Os policiais apreenderam cerca de R$ 1.500. Moraes afirmou que não deu tempo de tirar o material de campanha de dentro do carro no sábado. Eles permaneceram na sede da PF para prestar esclarecimentos.
















Fonte: G1 - CE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.