Header Ads

Mulher pró-Haddad presa em Sobral após chamar eleitor do Bolsonaro de preto e pobre


Uma mulher pró-Haddad foi presa na madrugada deste sábado (20), em Sobral, após chamar um eleitor do Bolsonaro de “preto e pobre”. O crime de injúria racial aconteceu no “Cíceros’s Bar”. A informação é do Sobral 24 horas.

Durante um show no restaurante, várias pessoas se expressavam politicamente, de forma pacífica, até que uma mulher se dirigiu a um cidadão que se expressava favorável ao candidato Jair Bolsonaro e disse: “preto e pobre”.

Deu-se início a uma discussão, então a vítima acionou a Polícia Militar, que conduziu todos os envolvidos para a Delegacia.

Veja o vídeo






FONTE: Ceará News7

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.