Header Ads

TRE-CE participa do lançamento do programa Saia do Muro


O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), por meio da Escola Judiciária Eleitoral (EJE-CE), participou, na manhã desta terça-feira (14/8), na sede do Ministério Público do Trabalho no Ceará (MPT-CE), do lançamento do programa “Saia do Muro”, que objetiva promover a participação de estudantes entre 12 e 17 anos em debates sobre temas fundamentais para a garantia de direitos de crianças, adolescentes e suas famílias. O programa é uma parceria entre o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), TRE-CE, MPT-CE, Associação para o Desenvolvimento dos Municípios do Ceará e Jornal O Povo. A ação já havia sido implementada em 2002 e, dado o sucesso, está sendo reeditada.

Na oportunidade, o TRE-CE foi representado pelo diretor da EJE, juiz Roberto Viana Diniz de Freitas, e pelo coordenador da Escola, Humberto Mota Cavalcanti. Em nome da presidência do TRE-CE, o diretor da EJE externou “profundo agradecimento em poder compartilhar a expertise do programa “Eleitor do Futuro” nesta iniciativa”. Ele frisou que “dar aos jovens a possibilidade de reconhecer o lugar de fala e exercer a cidadania ativa é um caminho para revertermos o atual quadro de déficit representativo na democracia brasileira”.

As entidades envolvidas estão mobilizando, no Ceará, aproximadamente 5 mil jovens participantes dos Núcleos de Cidadania dos Adolescentes (Nuca), do Programa de Educação contra a Exploração do Trabalho de Criança e do Adolescente (Peteca), do Programa Eleitor do Futuro e dos projetos O Povo na Educação e Eu Sou Cidadão – Amigos da Leitura.

As pesquisas serão feitas entre os adolescentes cadastrados na Plataforma U-Report (http://ureportbrasil.org.br/), ferramenta mundial desenvolvida pelo UNICEF e já implementada em 48 países, para promover a participação e opinião de adolescentes e jovens usando o SMS, Facebook e Twitter para reivindicar por seus direitos e fortalecer a sua voz.

Nesta manhã, 25 jovens estudantes escolheram as questões dos temas transversais que serão abordadas na plataforma U-report para o estado do Ceará. A ideia é que, em cada município, os adolescentes participantes da plataforma reúnam-se em debates públicos baseados nos assuntos objeto das pesquisas para trocar ideias sobre os temas fundamentais para a garantia de direitos de crianças, adolescentes e suas famílias. A voz dos adolescentes e das adolescentes será amplificada em matérias especiais veiculadas nas mídias sociais do jornal O Povo, fazendo suas opiniões chegarem aos cearenses, influenciando na escolha de seus representantes nos parlamentos e no poder executivo.

Durante o encontro, também foram repassadas orientações para os mobilizadores de adolescentes que trabalham nos municípios para a certificação do Selo Unicef.

















Fonte: TRE/CE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.