Header Ads

52% acreditam que novo Ensino Médio vai trazer melhoria ao desempenho escolar, aponta enquete do TJCE


A enquete do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) perguntou, durante a última semana, se os internautas são a favor da implantação do novo modelo de Ensino Médio no Brasil, que permitirá aos estudantes escolher áreas de conhecimento para aprofundar estudos.

Ao todo, 231 pessoas participaram. Do total, um percentual de 52% (121 votos) responderam que sim, pois acreditam que a reforma vai gerar melhoria no desempenho escolar dos alunos e facilitar as futuras escolhas profissionais. Já 42% (98 votos) são contrários à mudança. Eles defendem que os alunos devem ter a grade curricular completa obrigatória para que saiam da escola com mais conhecimento. Outros 5% (12 votos) afirmaram não ter opinião sobre o assunto.

A nova estrutura terá uma parte que será comum e obrigatória a todas as escolas, que é a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), e outra parte flexível. O currículo do novo ensino médio será norteado pela BNCC, que definirá as competências e conhecimentos essenciais que serão oferecidos a todos os estudantes na parte comum (1.800 horas), abrangendo as quatro áreas do conhecimento.

As disciplinas obrigatórias nos três anos de ensino médio serão língua portuguesa e matemática. O restante do tempo será dedicado ao aprofundamento acadêmico nas áreas eletivas ou a cursos técnicos, sendo linguagens e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e sociais aplicadas; e formação técnica e profissional.















Fonte: TJCE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.