Header Ads

Fortaleza cede empate para o Avaí e chega a quatro jogos sem vencer na Série B


O Fortaleza aumentou a sequência negativa sem vencer na Série B, nesta terça-feira, 24, no Castelão. O Tricolor empatou em 1 a 1 com o Avaí e chegou a quatro jogos sem vitórias. Entretanto, o ponto somado com a igualdade no placar deixou a equipe na liderança isolada da competição. Os dois gols da partida saíram em cobranças de pênalti.

O Leão começou vencendo ao balançar as redes aos 3 minutos do 1º tempo. O atacante Marcinho foi derrubado dentro da área e o árbitro assinalou a penalidade. Dodô converteu e colocou o Fortaleza na frente.

O Avaí chegou ao empate aos 35 minutos do 2º tempo. Adalberto derrubou Getúlio dentro da área e o árbitro apitou o pênalti. Guga foi para cobrança e deixou tudo igual, dando números finais ao duelo.

Com o empate, o Fortaleza desperdiçou a chance de aumentar a vantagem para três pontos para o vice-líder e de seis para o 5º colocado. Apesar de ter começado vencendo com um gol relâmpago, o Leão fez mais uma partida abaixo da média.


Os selecionados de Ceni voltaram a cometer as mesmas falhas de jogos anteriores, como a falta de criatividade ofensiva e as finalizações erradas. O ataque do time completou sete rodadas sem balançar as redes. O técnico até que trocou o homem de referência - Getterson saiu como titular em vez de Wilson -, mas não mudou o desempenho.

Marcinho foi quem melhor produziu em campo diante do Avaí ao lado de Dodô. O camisa 7 infernizou a zaga dos catarinenses com dribles rápidos, mas não teve qualidade para concluir em gol. 

O Leão terminou a partida com 15 finalizações, sendo dez erradas. O baixo índice de aproveitamento diante dos goleiros adversário tem sido fundamental para a queda de rendimento do Tricolor.

Os selecionados de Ceni voltaram a cometer as mesmas falhas de jogos anteriores, como a falta de criatividade ofensiva e as finalizações erradas. O ataque do time completou sete rodadas sem balançar as redes. O técnico até que trocou o homem de referência - Getterson saiu como titular em vez de Wilson -, mas não mudou o desempenho.

Marcinho foi quem melhor produziu em campo diante do Avaí ao lado de Dodô. O camisa 7 infernizou a zaga dos catarinenses com dribles rápidos, mas não teve qualidade para concluir em gol. 

Os cearenses terminaram a partida com 15 finalizações, sendo dez erradas. O baixo índice de aproveitamento diante dos goleiros adversário tem sido fundamental para a queda de rendimento do Tricolor.

A equipe do Pici volta a campo no sábado, 28, contra o Juventude, no Alfredo Jaconi. Dodô e Wilson estão fora do duelo por terem levado o terceiro cartão amarelo contra o Avaí.














Fonte: O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.