Header Ads

Mesmo após greve, 70,9% de empresas do Ceará ainda apresentam redução de produção



Uma pesquisa realizada pela Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) constatou os impactos da greve dos caminhoneiros em empresas cearenses. O estudo mediu reduções na produção, no faturamento e o aumento de custos como fretes. A análise aponta que 70,9% das empresas ainda apresentam redução de sua produção, mesmo após o fim da greve. Além disso, 52,9% projetam uma redução acima de 10% na quantidade de produtos vendidos. 

Durante a greve, que durou 10 dias, 46,4% das empresas pesquisadas também apresentaram uma redução da produção acima de 25%. Destas, 11,5% tiveram interrupção total das suas atividades. O registro de dificuldades foi de 61,1% quando se referia a honrar o pagamento da folha salarial e de 94,6% referente a aquisição de insumos por parte das empresas. O estudo mostra ainda que 50,9% das empresas registraram redução do faturamento acima de 25%.

Outras cifras, como valores de fretes e custos de insumos de produção, também aumentaram no período da paralisação. 















Fonte: O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.