Header Ads

Ceará precisa ganhar metade dos pontos que ainda vai disputar na Série A para evitar rebaixamento



Apenas doze rodadas da Série A se passaram, mas a péssima campanha do Ceará (a pior da história dos pontos corridos até aqui) já fomenta cálculos para que o time escape de um rebaixamento precoce. O Esportes O POVOanalisou as últimas seis edições da Série A e encontrou uma média de 44 pontos para fazer um time permanecer na elite. Para alcançar este número, o Alvinegro terá que conquistar metade dos pontos que ainda vai disputar. 

Vamos distribuir os dados. Restam 26 rodadas para o término da Série A, ou seja, 78 pontos ainda estão em jogo para todos os vinte clube. No caso do Ceará, que faturou apenas 5 pontos até aqui, terá que conquistar no mínimo 39 pontos para chegar aos 44 pontos, número que, em teoria, evita queda para a Série B.

Existem pelo menos seis maneiras do cálculo fechar. A mais sólida delas seria o Ceará vencer 13 de 26 partidas, ou seja, a metade. O número de triunfos pode até ser menor, mas a cada vitória a menos o número de empates obrigatórios cresce. Na pior das hipóteses, o Vovô precisa vencer sete jogos e empatar outros 18, o que daria margem para apenas mais uma derrota.

De acordo com o site Chance de Gol, hoje o Ceará tem 78,3% de probabilidade de queda para a segundona. O índice só é menor que o do Paraná, que mesmo duas posições acima do Ceará apresenta 84,7% de chance de rebaixamento. A projeção leva em consideração os adversários futuros. 


Em 2015, quando treinou o Ceará pela primeira vez, a tarefa de Lisca era vencer seis partidas dentre nove e o objetivo foi alcançado. Agora a missão é mais complicada, já que as sequências são maiores (de um a sete jogos a mais) e os adversários mais qualificados. Ao retornar, no entanto, o treinador deixou bem claro que acredita numa recuperação do time.














Fonte: O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.