Header Ads

Leão vence mais uma e se isola na liderança da Série B



Sem pisar no acelerador, o Fortaleza bateu ontem o Criciúma por 2 a 0, no Castelão. Com gol de Gustavo, que chegou aos 21 e segue como artilheiro do Brasil, e de Leonan, o Tricolor do Pici conquistou os três pontos e se isolou ainda mais na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, com 19.

O Leão pode terminar a rodada com até quatro pontos de diferença para o 2º colocado. O CSA, atual vice-líder da competição, também jogou ontem e foi derrotado por 4 a 1 dentro de casa pelo Figueirense, estacionando nos 15 pontos.

O Vila Nova, que está na 3ª posição com 13 pontos, tem uma partida complicada pela frente diante do Coritiba, no Paraná, na sexta, e é o único clube que pode diminuir a vantagem da equipe cearense para três pontos na liderança da Segundona.

No duelo de opostos na tabela, o invicto Fortaleza mostrou desde o início do jogo o motivo de estar no topo. Os comandados de Rogério Ceni valorizavam a posse de bola e tinham o controle da partida, explorando com velocidade as jogadas ofensivas e bloqueando qualquer investida do rival.

O Criciúma, vice-lanterna da Série B, tinha pouquíssima inspiração no tratado da pelota e se tornava presa fácil para a defesa tricolor.

Sem tanta intensidade, o Fortaleza chegava com tranquilidade ao ataque. De uma jogadaça de Jean Patrick, um dos destaques do meio de campo do Leão neste início de Brasileirão, saiu o gol de Gustavo.

O time liderado por Ceni ainda teve chance de marcar duas vezes. Primeiro com Edinho após tabela com Dodô, depois com Christian, zagueiro do Criciúma, quase fazendo gol contra.

Na 2ª etapa, o técnico do Tigre, Mazola Júnior, deixou o esquema com três zagueiros do 3-5-2 para formar um trio no ataque, colocando Zé Carlos, ex-Fortaleza, no lugar do defensor Natan. Sacou também o lateral-esquerdo Enzo e promoveu a entrada no meia Luiz Eduardo.

As mudanças surtiram efeito. Os catarinenses esboçaram uma reação até os 20 minutos, criando jogadas perigosas. Zé Carlos foi quem teve a chance de empatar de cabeça, mas Boeck fez uma defesaça.

Mazola fez sua última substituição com Nicolas no lugar de Mailson, trocando um atacante por outro, porém não deu resultado.

Quando o duelo se encaminhava para a vitória simples do Fortaleza, Leonan, que saiu do banco para substituir Dodô, ampliou o placar após bobeada da zaga do Tigre.

Os jogadores do Criciúma reclamaram do gol, pedindo impedimento. Entretanto, o toque que deixou Leonan livre de frente para o goleiro saiu dos pés do volante Niel, da própria equipe de Santa Catarina.

Agora o Fortaleza só volta a campo no dia 2 de junho, contra o Sampaio Corrêa, novamente no Castelão.

















Fonte: O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.