Header Ads

Com escassez de combustível, mais de 1.400 táxis deixam de circular em Fortaleza



A escassez de combustíveis ocasionada pela greve dos caminhoneiros no Brasil já fez 30% da frota de táxi de Fortaleza deixar de circular neste sábado, 26. Dos 4.886 veículos que compõem a frota, mais de 1.400 estão parados. Muitos motoristas pararam de trabalhar por medo de não conseguirem abastecer. Caso o problema continue, a Cidade não terá táxis circulando a partir de segunda-feira, 28. A informação é do presidente do Sindicato dos Taxistas do Ceará (Sinditáxi-CE), Vicente de Paula.

Como alternativa, a categoria está monitorando postos que ainda têm combustível, principalmente gás veicular natural (GNV), utilizado em cerca de 60% da frota. Por grupos de WhatsApp, os motoristas estão obtendo informações de onde ainda é possível abastecer. Na Capital, já foi identificado um posto na BR-116, na proximidade de Messejana, outro no São Cristóvão e também na Barra do Ceará. Alguns motoristas já começaram a procurar na Região Metropolitana.

Os taxistas que continuam rodando estão faturando até 20% mais, tendo em vista o aumento no pedido de corridas pelo aplicativo SindiTáxi Passageiro, que dá desconto de 30% no preço, calculado pelo taxímetro. "Vale lembrar que, diferentemente de outros aplicativos, não trabalhamos com tarifa dinâmica. O valor das bandeiradas e do quilômetro rodado continua", diz Vicente.














Fonte: O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.