Header Ads

Arthur marca nos acréscimos e Ceará empata com o Fortaleza no segundo Clássico-Rei do ano



Um jogo decidido nos acréscimos do 2º tempo para a loucura dos torcedores presentes no Castelão, na noite deste domingo, 4. O Fortaleza havia aberto o placar aos 19 minutos da etapa final, com Gustavo. Quando parecia que o Tricolor levaria a vitória no segundo Clássico-Rei do ano, Arthur, que saiu do banco, marcou o tento de empate aos 46 minutos.



O jogo

Fortaleza e Ceará tiveram um 1º tempo equilibrado. Rogério Ceni surpreendeu e lançou a campo um time com três zagueiros e só dois atacantes de origem, preenchendo mais o meio com a formação 3-5-2. Marcelo Chamusca foi para o duelo com o esquema habitual 4-2-3-1.

O Alvinegro se postava atrás do meio de campo para explorar rápido contra-ataque e pegar a defesa do Fortaleza de surpresa. O plano do Ceará só começou a surtir efeito depois dos 20 minutos de embate.

Antes disso, o Vovô viu o rival chegar com perigo. Aos 14 minutos, Gustavo teve a chance de abrir o placar ao receber passe de Felipe e ficar frente a frente com o goleiro Everson, que salvou o Ceará. Três minutos depois, Edinho partiu pra cima de Juninho pela direita e chutou forte pra dentro da área. A bola desviou em Luiz Otávio e quase entrou no gol de Everson.

Aos 27 minutos veio a resposta do Ceará. Elton, na entrada da área, bateu colocado e quase marcou. Quatro minutos depois, Richardson recebeu passe dentro da área, mas demorou para concluir a jogada e desperdiçou o ataque alvinegro.

Aos 32 minutos, Igor Henrique quase abriu o placar para o Leão. O meio-campista cabeçeou, dentro da área, e viu Everson, mais uma vez, salvar o Ceará.

Na 2ª etapa, o Ceará começou com tudo. Logo aos 5 minutos, Pio cobrou falta com perigo na entrada da área, mas Marcelo Boeck salvou para o Fortaleza.

Aos 8 minutos foi a vez do Fortaleza. Após confusão dentro da área do Ceará, a bola sobrou para Gustavo na pequena área, que finalizou para mais uma defesa de Everson.

Aos 10 e 13 minutos, Pio e Boeck travaram mais uma batalha. O goleiro tricolor fez duas defesaças em chutaços do lateral alvinegro. Na sequência, Boeck cresceu diante da cabeçada de Luiz Otávio, após escanteio, e impediu o gol do Vovô.

Aos 17 minutos, Ceni lançou a campo Osvaldo, que incendiou o jogo. No primeiro toque na bola, o atacante fez bela jogada pela esquerda e tentou o cruzamento. A zaga do Alvinegro afastou, mas a bola sobrou para Bruno Melo, que cruzou para Gustavo cabecear para o fundo das redes, aos 19 minutos.

Logo após o gol do Leão, Chamusca colocou Wescley em campo no lugar de Andrigo. Na primeira investida do atleta, ele cruzou na cabeça de Elton que, por pouco, não empatou.

Aos 27, Chamusca promoveu a entrada de Reina e sacou Ricardinho, apagado em campo. Dois minutos depois, o treinador fez a terceira substituição, colocando Arthur no lugar de Elton.

Aos 30, Felipe Azevedo teve a chance de empatar, mas finalizou mal dentro da área. 

Aos 46 minutos, Rafael Carioca tocou em Arthur que, dentro da área, girou diante de Ligger e, caído ao chão, finalizou. A bola ainda bateu na trave e entrou fraquinho para o fundo das redes. 






Fonte: O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.