Header Ads

Polícia Federal realiza operação de combate a fraudes previdenciárias que chegam a R$ 2 milhões




A Polícia Federal cumpriu três mandados de busca e apreensão, sendo dois em Fortaleza, no bairro Aldeota, e um em Belém (Pará), nesta quarta-feira, 10. A ação faz parte da operação Mimetismo, que tem o objetivo combater fraudes previdenciárias. A Polícia Federal estima que o prejuízo causado aos cofres da Previdência seja superior a R$ 2 milhões.

Conforme a PF, as ações aconteciam há cinco anos e o chefe da organização criminosa migrava pessoas idosas e humildes do Pará para o Ceará, no intuito de obter o benefício do amparo social ao idoso, por meio de fraude. Participaram da operação 15 Policiais Federais.

Foram apreendidos R$ 30 mil em espécie e relógios, além de documentos de identidade falsos e duas dezenas de cartões de benefícios previdenciários em nome de pessoas que não existem. 

Os suspeitos presos responderão por estelionato previdenciário, falsificação de documentos, uso de documentos falsos, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

Nome da operação

A Operação foi batizada de "Mimetismo", termo da biologia que descreve a habilidade natural que alguns seres possuem de se camuflar para fugir de seus predadores. No caso, o alvo principal vinha sendo investigado em alguns inquéritos policiais no Ceará e Pará. Contudo, ele utilizava com frequência documentos falsos, com o objetivo de dificultar a sua localização.





Fonte: O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.