Header Ads

Clínicas particulares só receberão vacinas contra a febre amarela no final de fevereiro




As clinicas particulares receberão reposição da vacina contra a febre amarela no final de fevereiro, de acordo com a Associação Brasileira de Clínicas de Vacinas (ABCVAC). Segundo o presidente da associação, Geraldo Barbosa, isso ocorrerá caso o Carnaval não atrapalhe os trâmites. As vacinas são produzidas fora do País e, por isso, o abastecimento pode sofrer com restrição na capacidade de distribuição.

O laboratório responsável pelo abastecimento, o Sanofi Pasteur, solicitou a aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a importação de um novo lote da vacina com embalagem internacional, que foi concedida. A vacina, que já foi registrada em mais de 100 países, se chama Stamaril. Segundo Barbosa, o número de doses não deve resolver o problema de desabastecimento, mas será um número expressivo que irá ajudar o Programa Nacional de Imunização. Ele ainda destaca que o estoque não se encontra presente em nenhuma clínica do Brasil. A ABCVAC não informa o número de doses que chegarão pelo novo lote, mas afirma que será um número expressivo.

O aumento de áreas de risco de febre amarela no Brasil, anunciado pelo Ministério da Saúde, tem ocasionado alta procura pela vacina em postos de saúde na capital cearense, embora não haja registro de casos no Ceará há 15 anos. Apesar de Fortaleza não ser classificada como área de surto, as cinco unidades na Cidade que oferecem a imunização tiveram grandes filas durante os últimos dias.

Já na cidade de São Paulo, duas pessoas morreram devido à reação da vacina contra a febre amarela. A confirmação partiu da Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo. Uma das mortes por reação à vacina foi de uma idosa de 76 anos. Ela morreu oito dias após ser vacinada. A outra vítima não teve identidade revelada. 






Fonte: O Povo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.