Header Ads

Ceará perde chances e fica no empate com o Ferroviário no Estadual




O Ceará recebeu o Ferroviário na noite deste sábado, na Arena Castelão, pela quinta rodada do Campeonato Cearense. Melhor na partida e dominando as ações ofensivas, o Vozão sofreu um gol logo no início da partida, entretanto, demonstrou persistência para conquistar o empate. A equipe alvinegra só não conseguiu virar o jogo no segundo tempo e teve de se contentar com o 1 a 1 no marcador. Os gols da partida foram marcados por Valdo Babacal (Ferroviário) e Arthur (Ceará).

Agora, o Ceará tentará se recuperar o tropeço em casa na próxima quinta-feira, quando recebe o Uniclinic, em partida válida pela primeira rodada do Estadual e que foi adiada. Assim como o Vozão, o Fortaleza também disputará a primeira rodada atrasado, um dia antes, contra o Tiradentes.

O jogo – O primeiro tempo não foi nada fácil para o Ceará. Logo aos oito minutos o Ferroviário abriu o placar. Valdo Babacal aproveita cobrança de falta, sobe mais alto que a defesa e cabeceia certeiro para estufar as redes. Em desvantagem, o Vozão foi com tudo para cima dos visitantes e esteve muito perto de empatar ao longo da etapa inicial. O objetivo, no entanto, só foi alcançado pouco antes de as equipes irem para o intervalo.

Aos 11 minutos Arthur exigiu boa defesa do goleiro do Ferroviário e ainda viu a bola bater no travessão antes de a zaga afastar o perigo. Depois, aos 15, foi a vez de o atacante cabecear à queima-roupa, mas Bruno Colaço estava atento mais uma vez para defender o arremate. Só aos 38 minutos o jogador do Ceará, enfim, venceu o arqueiro rival, cabeceando o cruzamento de Juninho e correndo para o abraço.

No segundo tempo o Ceará seguiu atacando os rivais em busca da virada. Aos dois minutos, Pio levantou a bola na área e achou Leandro Silva, que cabeceou para fora. Depois, aos cinco, foi a vez de Douglas Coutinho sair na cara do gol, mas errar o arremate. Depois disso, o Vozão voltou a assustar somente na reta final da partida. Em cobrança de escanteio, aos 35, a bola acabou saindo muito fechada e acertou a trave. Já aos 40 minutos Ricardinho mandou por cima do gol. Em seguida, aos 47, Patrick perdeu grande chance, e o Mais Querido teve de se contentar com o empate.







Fonte: Gazeta Esportiva

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.